Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Pela primeira vez, três mulheres atuam no Poder Legislativo.

Publicado em 21/05/2015 às 09:29 - Atualizado em 21/05/2015 às 09:31

  Pela primeira vez na história, Modelo conta com a atuação de três mulheres no poder legislativo. A vereadora Cecília Rambo Geller (PMDB) e as suplentes Evanilde Candaten Bozim (PSD), Simone Haerter (PSD), que assumiu no lugar da vereadora Edilce Decker Kegler (PSD) que está licenciada, mas retorna no dia 31 de maio, passaram a ocupar cadeiras na Câmara Municipal de Vereadores de Modelo.

          Tradicionalmente a política é liderada pela figura masculina, mas esse quadro está em transformação, pois cada vez mais as mulheres estão se tornando agentes políticos em suas comunidades, como a vereadora Cecília Geller, que está no terceiro ano da sua segunda gestão. Ela acredita que o trabalho desenvolvido pelas mulheres na câmara é diferenciado, pois toma uma visão diferente com relação à dos homens devido ao lado mais sentimental que a mulher possui.

          Cecília destaca que as mulheres, aos poucos, vão trilhando um caminho com credibilidade na política, sendo que já houveram grandes mudanças se comparando a sua primeira gestão com esta segunda, no município de Modelo. “A importância que tenho pela política é de que ela ocupa o nosso dia a dia, tudo o que envolve nossa vida no dia a dia é a política. Quando vamos ao mercado temos a política do menor preço, no posto é a política da saúde, a política do transporte escolar e até mesmo o ar que respiramos” afirmou.

          Para Cecilia, a maior dificuldade ainda é a de receber o apoio das próprias mulheres. Outro ponto citado pela vereadora, é que o espaço ocupado pelas mulheres ainda é resumido para preencher legendas. “O que precisamos não é apenas preencher legenda, mas cada vez mais começar a ocupar as cadeiras do legislativo. Esse trabalho é muito gratificante”, finaliza.

          Já a vereadora Edilce Decker Kegler, comenta que hoje, a participação das mulheres está sendo bem aceita no município. A vereadora Simone, que assumiu no dia 4 de maio, a licença de Edilce, conta que esse foi o primeiro ano que concorreu às eleições e que é algo novo e uma honra assumir a câmara.

          Segundo a suplente Evanilde, que assumiu no dia 11 de maio no lugar de Dirceu Silveira, “política é tentar ajudar as pessoas da melhor maneira possível. É ouvir os anseios e necessidades de cada um”, fala.

          Ela salienta ainda que esse trabalho de vereadora é interessante e algo diferente, onde cada vereador expõe o seu ponto de vista e busca soluções para as necessidades da comunidade.

Fonte: Jornal a Sua Voz


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar